Fauna News

Perda de habitat e mudanças climáticas devolvem arara-azul à lista de espécies ameaçadas

A arara-azul, o maior psitacídeo do mundo, está prestes a voltar à lista de espécies ameaçadas do Brasil, menos de uma década depois que intensos esforços de conservação a tiraram da lista. Especialistas em conservação atribuem a queda na população dessas aves à perda de habitat devido aos incêndios no Pantanal e ao desmatamento contínuo na Amazônia e no Cerrado.

Pesquisadores compilam o maior banco de fotografias da fauna amazônica

Pesquisadores reuniram mais de 154 mil registros de imagens feitas com armadilhas fotográficas na Floresta Amazônica, registrando 317 espécies de aves, mamíferos e répteis. Este é o primeiro estudo que reúne imagens desse tipo em toda a Amazônia nesta escala, abrangendo Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Peru, Suriname e Venezuela.

Corredores florestais para salvar as aves raras do Nordeste

Projeto Mata Atlântica do Nordeste vai reflorestar 70 hectares entre Pernambuco e Alagoas até 2023 para conectar fragmentos isolados de mata. Oito propriedades já participam do projeto, com 13 hectares reflorestados. A meta é restaurar 50 hectares até julho deste ano.

Um futuro incerto para as antas da Mata Atlântica

Pesquisa avaliou as populações de antas no bioma mais devastado do Brasil, onde sua distribuição está restrita a 1,78% do extensão original. Foram identificadas 48 populações, a maioria isolada em pequenos fragmentos de floresta onde vivem pouquíssimos indivíduos. Apenas entre 3 e 14 populações de antas são viáveis no longo prazo.